Os exames de laboratório são fundamentais para avaliar se está tudo certo com o nosso corpo. Eles ajudam a diagnosticar uma série de doenças e orientam o médico a escolher o tratamento ideal caso tenha alguma alteração no organismo do paciente.

Mas você sabe como deve ser o preparo para exames laboratoriais? Saiba que a preparação é crucial para que os resultados sejam precisos e corretos. Do contrário, o paciente pode até ter que refazer o teste.

Quer evitar erros nos resultados dos seus exames? Então, vou te mostrar como deve ser feito o preparo para os principais exames laboratoriais. Confira!

Quais são os principais exames de laboratório?

Antes de tudo, entenda como é feita a coleta e qual a importância dos exames laboratoriais mais comuns.

Exame de sangue

O sangue é coletado com uma seringa, dando aquela picadinha na veia do braço do paciente. Supereficiente na detecção de inúmeras doenças, o exame de sangue pode ter diversas finalidades, por exemplo:

  • avaliar as células sanguíneas (hemácias, leucócitos e plaquetas) por meio do hemograma;
  • verificar o nível de colesterol;
  • identificar minerais como cálcio, fósforo, potássio e sódio;
  • analisar a taxa de glicose para identificar diabetes;
  • verificar o T4 livre e o TSH para avaliar o funcionamento da tireoide;
  • analisar a creatinina e a ureia para avaliar os rins.

Exame de urina

Esse teste é importante para detectar alterações hormonais, pedras nos rins, processos infecciosos, presença de sangue, dentre outros problemas. Existem três tipos de exame de urina:

  • urocultura: identifica bactérias causadoras de infecção urinária;
  • urina de 24 horas: analisa as características da urina ao longo de um dia;
  • urina tipo 1 ou EAS (Elementos Anormais do Sedimento): avalia o pH da urina e as funções renais do paciente.

Para a coleta, o paciente deve urinar no potinho fornecido pelo laboratório. Aqui, você precisará de controle! Isso porque recomenda-se dispensar o primeiro jato da manhã, ou seja, você solta um pouquinho e guarda o resto no pote.

Exame de fezes

Com uma pazinha, o paciente colhe uma amostra das fezes e coloca no pote entregue pelo laboratório, que geralmente tem um líquido para conservar o material. Tome cuidado para não misturar as fezes com a urina ou com a água do vaso sanitário.

Dentre suas funções, o exame de fezes ajuda a identificar:

  • presença de bactérias, vírus ou parasitas;
  • problemas hepáticos;
  • presença de sangue ou pus;
  • algum agente infeccioso.

Como é o preparo para exames laboratoriais?

Para evitar equívocos nos resultados, é fundamental que você siga as recomendações de preparo. Cada tipo de exame de laboratório tem cuidados específicos que podem interferir nos resultados.

Por isso, separei para você algumas orientações gerais para o preparo de exames de laboratório:

  • para exames de sangue, verifique se o jejum deve ser de 4, 8 ou 12 horas (esse tempo varia conforme o exame específico);
  • no período de jejum, não faça ingestão excessiva de água, mas apenas o suficiente para não ficar com muita sede;
  • para exames de urina, veja se você deve coletar a primeira urina do dia ou não;
  • caso também vá realizar exames de imagem com contraste, faça os exames de laboratório antes ou 72 horas depois;
  • se possível, é bom que as mulheres evitem fazer exame de sangue em período menstrual devido às variações hormonais;
  • se não houver motivos médicos, não vá “comer melhor” um dia antes do exame só porque fará o teste – mantenha sua alimentação normal;
  • evite atividades físicas (o tempo pode variar de 12 a 72 horas dependendo do exame);
  • evite substâncias como café, chá, bebida alcoólica e cigarro entre 24 e 72 horas antes de fazer os exames laboratoriais;
  • informe previamente ao laboratório se você está tomando algum medicamento.

Por fim, saiba que esses exames não são invasivos; pelo contrário, são muito simples e rápidos. Fazendo o correto preparo para exames de laboratório, você evita falsos resultados e, assim, permite a detecção de alterações, um diagnóstico preciso e o melhor tratamento para uma doença.

E então, tirou suas dúvidas sobre o preparo para exames de laboratório? Para ficar sempre informado, siga a gente nas redes sociais! Estamos no Facebook, LinkedIn, Instagram.