As dores de cabeça representam um dos principais sintomas de mal estar que atormentam as pessoas. Por ser uma reclamação bastante comum no dia a dia, muita gente não dá a importância que deveria. No entanto, o incômodo não pode jamais ser ignorado.

Em vez de apenas comprar um monte de remédios na farmácia, recomendo que você conheça a causa desse problema. Somente assim é possível cortar o mal pela raiz e aproveitar uma vida mais feliz.

Quer entender o que pode provocar as dores de cabeça? Fica comigo e eu mostrarei!

Má alimentação

Pode parecer repetitivo, mas ter uma alimentação saudável não é importante apenas para garantir uma vida melhor e prevenir doenças. O cuidado com o que você ingere também é determinante para evitar esse incômodo.

O consumo exagerado de certos alimentos — como aqueles estimulantes ou gordurosos — aumenta os riscos de sofrer com as dores de cabeça. Ao mesmo tempo, não comer o bastante ou permanecer longas horas em jejum gera hipoglicemia (baixo nível de açúcar no sangue) e esse mal-estar.

Além dos alimentos, recomendo ficar de olho também nos líquidos. Não beber água suficiente leva à desidratação, especialmente no calor. O baixo consumo da bebida, portanto, pode ser o grande vilão.

Alterações hormonais

Os hormônios funcionam como minioperários que controlam nosso organismo. Eles impactam diretamente em questões como a fertilidade e até o humor. Dependendo dos níveis hormonais, isso pode gerar incômodos no cotidiano.

Primeiramente, quero falar sobre períodos passageiros. A TPM, a gravidez e a menopausa são marcadas por mudanças hormonais. Com os picos ou quedas das substâncias, a dor de cabeça pode se apresentar como uma das consequências.

Não posso deixar de citar, ainda, os problemas crônicos. Quem tem alterações na tireoide ou ovário policístico, por exemplo, sofre mais com essa questão. O ideal é consultar um ginecologista ou endocrinologista, os profissionais ideais para indicar os melhores tratamentos.

Falta de sono

Isto é fato: dormir bem é importantíssimo para ter toda a disposição necessária para começar o dia seguinte. Uma boa noite de sono é reparadora e até ajuda o dia a ser mais feliz. O problema é que o contrário também é válido. Confuso? Eu explico!

A falta de sono ou mesmo o descanso com pouca qualidade são situações que levam às dores de cabeça. Ao sofrer com a insônia, por exemplo, é normal ter mais incômodos ao acordar pela manhã.

O melhor é cuidar do ambiente e torná-lo confortável e aconchegante, além de criar uma rotina de descanso. Se for preciso, procure a ajuda de um médico para que ele possa recomendar as melhores ações para favorecer o sono.

Problemas oftalmológicos

As dificuldades de visão não devem ser ignoradas como potenciais causadoras das dores de cabeça. Isso porque é preciso fazer um esforço maior para enxergar com nitidez diante de quadros como astigmatismo, miopia ou hipermetropia, por exemplo.

A necessidade de acomodar os músculos oculares gera tensão e visão embaçada. Então, as dores se tornam uma constante na vida das pessoas com esse tipo de dificuldade.

Ao mesmo tempo, há uma boa notícia: o tratamento é, normalmente, mais simples do que se imagina. Minha indicação é buscar um oftalmologista que pode recomendar o uso de lentes corretivas ou de cirurgias para eliminar o problema.

Ansiedade

Não são apenas as questões físicas que geram o sintoma. O aspecto psicológico também tem grande impacto, então não é de se estranhar que a ansiedade e o estresse levem a essa condição.

Quem sofre com a ansiedade, normalmente, encara uma dilatação maior dos vasos sanguíneos, o aumento do ritmo cardíaco e a tensão de certos músculos. Isso leva a dores frequentes, principalmente em situações de estresse.

Minha dica é respirar fundo por alguns minutos, ficar mais relaxado e tentar se acalmar aos poucos. Com acompanhamento psicológico, é possível reverter essa questão, não se preocupe!

Além de utilizar as dicas específicas para cada quadro, algumas ações ajudam a aliviar esse cenário. Usar compressas geladas, descansar e tomar remédios prescritos (aqueles que o médico receita pensando na sua situação) são meios de garantir total qualidade de vida.

As dores de cabeça são comuns, mas nem por isso devem ser ignoradas. Mais que reconhecer as prováveis causas, é fundamental buscar um médico para ter o diagnóstico e o tratamento corretos.

Esteja sempre em dia com o seu bem-estar! Acompanhe nossos perfis no Facebook, no LinkedIn, no Instagram e não perca nada.