Você busca uma vida feliz e com qualidade? Então, já deve saber como é importante ir a consultas médicas regularmente e realizar exames para manter seu bem-estar sempre em alta, certo? A mamografia, por exemplo, é um exame de imagem fundamental na detecção de alterações mamárias e no diagnóstico de câncer.

Se você vai marcar este exame, mas antes quer entender melhor o que é mamografia, para que ela serve e qual sua importância, então vem comigo! Neste artigo, te explicarei tudo isso e ainda mostrarei quando é recomendado fazer esse exame, quais cuidados você deve ter ao realizá-lo e outras informações importantes. Vamos lá?

O que é mamografia?

A mamografia é um exame de imagem que, como o nome já sugere, é realizado nas mamas para investigar alguma anormalidade na região. O aparelho – chamado mamógrafo – utiliza o raio-X para captar as imagens, que depois são reproduzidas em uma chapa.

Formado por duas placas, o equipamento pressiona os seios por alguns segundos para que o tecido mamário se espalhe, permitindo, assim, uma melhor visualização da região. A paciente fica em pé, diante do equipamento, e cada mama é comprimida horizontal e verticalmente.

Por conta dessa compressão, o exame pode causar algum receio nas pacientes. Mas não se preocupe! Isso é necessário para que as mamas sejam analisadas de forma bem detalhada e, apesar do desconforto, o exame é bem rápido, podendo durar apenas alguns segundos para a obtenção da imagem.

Para que serve esse exame?

O exame de mamografia é essencial para detectar alterações mamárias, como assimetrias, calcificações, manchas e nódulos. Ele serve para identificar desde lesões benignas até lesões indicativas de câncer.

Por isso, um dos motivos que tornam esse exame tão importante é que ele tem como foco identificar tumores malignos, sendo, portanto, o método mais utilizado para diagnosticar o câncer de mama.

Ao atuar no diagnóstico precoce dessa doença, a mamografia aumenta as chances de cura e contribui para um tratamento mais eficaz. Além disso, o exame também ajuda na prevenção do câncer, ao identificar a normalidade e a simetria das mamas, a ausência de sinais cancerígenos ou somente a presença de alterações funcionais benignas.

Vale ressaltar ainda que, conforme o resultado da mamografia, outros exames complementares podem ser solicitados pelo médico, como a ultrassonografia. No caso de probabilidade ou detecção de câncer, o médico também costuma pedir uma biópsia para confirmar a suspeita do tumor.

Quando fazer a mamografia?

Algumas mulheres podem começar a fazer o exame de mamografia por volta dos 35 anos de idade. Mas, considerando a população geral, isto é, pacientes sem sintomas ou que não fazem parte do grupo de risco, a solicitação do exame geralmente é recomendada a partir dos 40 anos de idade, e os médicos pedem que seja feito uma vez por ano.

Contudo, é importante lembrar que cada paciente tem seu histórico e suas características pessoais, além de poder apresentar ou não casos de câncer na família. Quem tem propensão a desenvolver o câncer de mama ou tem histórico familiar, por exemplo, precisa ficar mais atento, podendo ter a necessidade de iniciar o exame antes dos 40.

Outro caso é o dos pacientes que já apresentam alguma alteração benigna, os quais precisam de uma atenção maior e, por isso, o exame pode ser solicitado semestralmente para fins de controle.

Para saber se você já precisa realizar o exame e de quanto em quanto tempo, o ideal é consultar periodicamente seu médico para que ele avalie a necessidade de você fazer a mamografia no momento certo.

Qual o preparo para o exame de mamografia?

O exame de mamografia não tem segredo: é bastante simples e geralmente não há nenhum preparo específico necessário.

Com poucos segundos, é possível obter as imagens de cada mama. Depois disso, a paciente apenas precisa esperar que o profissional verifique se as imagens ficaram boas. Estando tudo certo, a mamografia é concluída. Todo esse processo leva, em média, só 20 minutos.

Mas, apesar de simples, existem alguns cuidados que podem facilitar ainda mais o teste. Quer ter um exame bem tranquilo? Veja, nos tópicos a seguir, as dicas que separei para você.

Antes da mamografia

No exame, você vai precisar tirar toda a parte de cima da roupa para não haver interferência nas imagens. Por isso, uma dica é não ir de vestido para facilitar a troca de roupa. E, como o exame também engloba as axilas além do tecido mamário, é bom evitar cremes ou desodorantes, para não prejudicar a qualidade das imagens.

Outro cuidado importante é evitar o agendamento do exame durante o período da menstruação, pois as mamas ficam mais sensíveis, o que pode tornar o exame mais desconfortável ou dolorido. Além disso, fora desse período, o tecido glandular das mamas fica menos denso, garantindo mais nitidez às imagens.

E, se você tiver próteses de silicone, deve comunicar previamente o profissional que realizará o exame, para que a compressão das mamas seja mais cuidadosa e a técnica seja adequada, já que é diferente da usada em pacientes sem o implante.

Durante a mamografia

Dê informações importantes ao profissional, como alterações na pele da mama (cicatrizes ou queimaduras, por exemplo), gravidez ou suspeita de gravidez e resultados de exames anteriores, caso você tenha.

E, como dito anteriormente, a mamografia pode causar desconforto ou mesmo uma dorzinha para quem é mais sensível. Contudo, o exame não deve machucar a paciente.

Por isso, se o incômodo for grande, informe o profissional responsável para que vocês encontrem um melhor posicionamento. Se você tiver outras limitações, como dificuldade de levantar o braço ou problemas musculares, também deve avisar o profissional, para que isso não prejudique a posição correta das mamas no equipamento.

Minha dica é que você relaxe ao máximo sua musculatura e fique bem tranquila. Assim, você reduz a sensação de dor e garante mais conforto, além de evitar que a resolução da imagem seja prejudicada.

Após a mamografia

Depois de concluído o exame, logo o desconforto passará e, geralmente, a paciente não precisa de nenhum cuidado especial. Então, a boa notícia é que você pode seguir o seu dia a dia normalmente.

A mamografia é um exame muito simples e rápido, além de ser extremamente importante no diagnóstico precoce do câncer de mama. Mas, se você está com dificuldades para encontrar o melhor lugar para fazê-lo, saiba que a Comigo Saúde oferece diversas facilidades de agendamento – tudo de um jeito simples, prático e acessível, para que você tenha uma vida mais feliz e com qualidade.

Agora você já sabe o que é mamografia e a importância desse exame, certo? Então, se o seu médico o solicitou, não deixe para depois, ok? E aproveite para se inteirar ainda mais sobre esse assunto com este guia completo sobre exames de imagem!