Consultar regularmente um médico de confiança é essencial para prevenir doenças e preservar a saúde, não é mesmo? Ainda que não exista nenhum sintoma alarmante ou problema que mereça uma investigação, é recomendado visitar seu médico e fazer os exames de sangue de rotina ao menos uma vez por ano.

Porém, na correria do dia a dia, muitas pessoas se esquecem desse cuidado fundamental. É importante ressaltar que qualquer tipo de exame laboratorial é um complemento à avaliação clínica, e não substitui o exame físico.

Além disso, existem milhares de parâmetros que podem ser analisados em uma única amostra de sangue, e cabe ao médico decidir quais são os mais relevantes para cada paciente.

Quer saber mais sobre os exames de sangue de rotina e entender, de uma vez por todas, a sua importância? Acompanhe!

Qual é a importância do exame de sangue de rotina?

Os exames laboratoriais são ferramentas valiosas para determinar a condição de saúde de um paciente, auxiliar no diagnóstico de diversas doenças e apontar problemas no funcionamento de vários órgãos do corpo humano. Por meio de uma pequena amostra de sangue, é possível avaliar um grande número de critérios.

Pode parecer estranho acreditar que algumas gotas de sangue são capazes de oferecer tantas informações, mas o que corre em nossas veias é responsável por transportar oxigênio e nutrientes por todo nosso corpo, e cada um de seus componentes têm uma função específica no equilíbrio do nosso bem-estar.

O que é avaliado em um exame de sangue?

Para realizar um exame de sangue, é necessário separar as células sanguíneas do plasma (a parte fluída), por meio de um processo chamado de centrifugação. Então, a amostra é analisada com o auxílio de equipamentos ou utilizando reações químicas. Durante o exame, são avaliados:

  • as hemácias (glóbulos vermelhos), que vivem por apenas 120 dias e são compostas por:
  • hemoglobina, que realiza o transporte de oxigênio;
  • globulina, que auxilia na coagulação do sangue;
  • os leucócitos (glóbulos brancos), produzidos pela medula óssea, cuja função é proteger o organismo e combater micro-organismos (vírus, bactérias e parasitas);
  • as plaquetas (trombócitos), que se renovam a cada 10 dias e contribuem para a coagulação;
  • o plasma, que constitui uma das principais reservas de água do corpo.

Além disso, são feitos testes químicos que avaliam o estado metabólico e podem identificar desde problemas cardiovasculares até diabetes.

Quais são os principais exames de sangue de rotina?

Cada paciente demanda um tipo diferente de exame, de acordo com seu histórico médico, suas condições de saúde e a avaliação do profissional. Porém, existem alguns exames de rotina que devem ser feitos periodicamente durante o check-up.

1. Hemograma

É o exame básico que avalia três linhagens do sangue:

  • as hemácias, cuja quantidade costuma diminuir em mulheres no período menstrual e aumentar em pacientes fumantes;
  • os leucócitos, que em nível elevado indicam processo infeccioso e, em nível baixo, alertam para diminuição da imunidade;
  • as plaquetas, cuja dosagem é imprescindível antes de cirurgias.

O hemograma ajuda a identificar doenças como anemia, leucemia e até dengue.

2. Colesterol

Os níveis de colesterol se dividem em:

  • HDL, chamado de colesterol bom, que protege os vasos sanguíneos;
  • LDL e VLDL, o colesterol ruim, que obstrui a passagem de sangue e aumenta o risco de infarto.

Além dos valores individuais, é importante avaliar a proporção de cada componente ao analisar os resultados dos exames de sangue de rotina de um paciente.

3. Glicemia

Os níveis de glicose (açúcar) no sangue devem ser medidos após jejum de 8 horas, e identificam a diabetes e outras alterações metabólicas. O exame deve ser repetido para confirmar o diagnóstico, que também considera o exame clínico do paciente.

4. HIV

O exame que detecta o vírus HIV identifica, na verdade, os anticorpos produzidos pelo organismo quando infectado. Porém, pode ocorrer um resultado falso negativo na fase inicial da doença ou no período chamado de janela imunológica (quando a pessoa já possui o vírus, ainda que não seja detectado).

É por isso que os exames de sangue de rotina costumam incluir o teste de HIV e de outras doenças sexualmente transmissíveis para pacientes com vida sexual ativa.

5. Triglicerídeos

Os triglicérides são gorduras que podem ser produzidas pelo próprio organismo ou obtidas pela alimentação, e a dosagem de seus níveis permite avaliar o risco de doenças do coração e inflamação do pâncreas.

6. PSA

Exclusivo para homens, o exame que detecta os níveis da proteína PSA ajuda a identificar infecção e câncer de próstata. Qualquer alteração na glândula aumenta os níveis de PSA (Antígeno Prostático Específico). Combinado ao exame de toque, a dosagem de PSA faz parte dos exames de sangue de rotina dos pacientes masculinos.

7. Ácido úrico

Resultado da metabolização de proteínas pelo organismo, o ácido úrico em níveis altos está associado à gota, cálculo renal, aumento da pressão arterial e doenças cardiovasculares. Em alguns casos, o aumento do ácido úrico se deve ao excesso de consumo de carne e bebidas alcoólicas.

Em geral, a dosagem de ácido úrico é solicitada acompanhada de exames como ureia e creatinina, que avaliam a função dos rins e permitem calcular o volume de sangue filtrado a cada minuto. A avaliação em conjunto desses exames é indicada principalmente para detectar uma possível insuficiência renal.

Os exames de sangue de rotina costumam incluir outros parâmetros indicados pelo médico, para que o relatório ofereça uma visão completa do estado de saúde do paciente, inclusive seu painel metabólico, seus níveis de enzimas e outros fatores capazes de identificar doenças ou distúrbios precocemente.

Por isso, é fundamental realizar todos os exames solicitados pelo médico e retornar à consulta com os resultados. Dessa forma, você mantém sua saúde e felicidade em dia e tem mais energia e disposição para aproveitar a vida!

E você, já marcou sua consulta médica para fazer um check-up? Na plataforma da Comigo Saúde você tem acesso rápido a médicos em diversas especialidades!

Já está com seu pedido de exames em mãos? Então aproveite para agendar seus exames e já descobrir na hora o valor que vai pagar! E se não entender o que o médico escreveu, você pode enviar uma mensagem com a foto do pedido e receber ajuda dos nossos consultores. Cuidar do seu bem-estar e ter uma vida feliz nunca foi tão fácil!