Os bons hábitos durante a gestação fazem toda a diferença. Com as escolhas adequadas, o bebê terá tudo o que é necessário para se desenvolver de forma saudável. Nesse sentido, conhecer as vitaminas para gestantes é essencial.

A placenta faz a comunicação entre o corpo da mãe e do bebê. Por meio do cordão umbilical, os nutrientes são enviados e a nova vida consegue se desenvolver dentro da barriga. Com os elementos certos, é possível garantir o bem-estar do novo integrante da família.

Mas, afinal, quais são as vitaminas para gestantes mais importantes? A seguir, mostrarei quais são as que merecem a sua atenção. Confira!

Vitamina A

Para ter uma gravidez tranquila e longe de complicações, a presença de vitamina A é muito importante. Esse é um composto que se dissolve na gordura e que ajuda tanto a mamãe quanto o bebê a terem as funções corporais normalizadas.

Esse componente, como muita gente conhece, está ligado à visão. O que nem todo mundo sabe, entretanto, é que a vitamina também se relaciona ao sistema imunológico e até a produção de sangue. É algo bem importante, né?

A própria Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a suplementação desse elemento. A minha indicação é investir em uma alimentação saudável e balanceada. Assim, você tem a certeza de que tudo será fornecido na medida certa.

Entre os alimentos ricos em vitamina A, estão:

  • cenoura;
  • abóbora;
  • batata-doce;
  • bife de fígado;
  • ovo;
  • mamão;
  • manga;
  • couve;
  • tomate;
  • óleo de peixe, entre outros.

Complexo B

Quando se fala em vitaminas para gestantes, as do complexo B são fundamentais. Elas formam o maior grupo, então, recomendo que você fique atenta às principais possibilidades.

O conjunto recebe esse nome porque, realmente, tem vários componentes que ajudam no desenvolvimento. Para entender melhor, veja quais são os mais importantes durante a gravidez.

Vitamina B9

Talvez você não reconheça pela junção de letra e número, mas a vitamina B9 é muito famosa na gestação. Afinal, ela é o ácido fólico!

Trata-se de um dos grandes responsáveis pela multiplicação de células e formação de DNA. Com esse componente, o seu bebê tem a chance de se desenvolver a todo vapor. Os principais alimentos são:

  • feijão;
  • abacate;
  • beterraba;
  • aspargos;
  • frutas cítricas;
  • vegetais de folhas escuras.

Vitamina B6

Capaz de se dissolver em água, o componente B6 é essencial para o bem-estar da nova mamãe. Como ajuda a diminuir as náuseas, recomendo fazer um bom consumo desse composto.

Ela também fortalece o sistema imunológico e até reduz as chances de depressão pós-parto. Como melhora a sensação de bem-estar, é fundamental para garantir máxima qualidade de vida! Veja alguns alimentos ricos nessa vitamina:

  • salmão;
  • banana;
  • espinafre;
  • carnes magras, como frango e peru;
  • batata;
  • melancia;
  • castanhas.

Vitamina B12

O principal papel do elemento na gestação é ajudar o sistema nervoso e o metabolismo do sangue. Ele favorece a produção de glóbulos vermelhos, então, tanto a mamãe quanto o bebê têm uma circulação bem melhor.

É uma das mais importantes vitaminas para as gestações porque tem impacto até para o período após o nascimento. Esse elemento tem grande influência na fase de lactação, pois é transmitido para o bebê pelo leite. Como impacta o desenvolvimento cerebral dos pequenos, deve estar nos níveis adequados. Essa vitamina pode ser achada nos seguintes alimentos:

  • peixes, como truta e arenque;
  • frutos do mar;
  • fígado;
  • leite;
  • ovo;
  • cereais enriquecidos.

Também há outras importantes no complexo, como a B1, a B2 e a B3. Para obter a suplementação, vale investir em vegetais e produtos de origem animal.

Vitamina C

A vitamina C está presente na vida de todas as pessoas, mesmo fora da gestação. Afinal, quem nunca ouviu sobre a importância de cuidar da ingestão desse componente? Além de fortalecer o sistema imunológico e de favorecer a produção de colágeno, é algo que oferece segurança para a gravidez. Também é um elemento que evita partos prematuros e aumenta a tranquilidade e a qualidade de vida.

Como esse componente não é armazenado pelo organismo, o ideal é balancear o consumo por meio da alimentação. Algumas das fontes são:

  • frutas cítricas;
  • frutas vermelhas;
  • couve;
  • brócolis;
  • espinafre;
  • repolho.

Vitamina D

Também não posso deixar de citar a vitamina D, que tem grande importância para quem se prepara para a chegada de um bebê. De forma simples, ela é essencial para manter a imunidade e para garantir uma gravidez segura.

Em geral, a principal maneira de obter os níveis ideais é pela exposição solar. O próprio organismo metaboliza e faz com que bons níveis sejam atingidos. Ficar 15 minutos no sol todos os dias e com a proteção adequada já é o suficiente.

Em alguns casos, a gestante deve passar por uma suplementação. Entre as fontes, estão:

  • salmão;
  • cogumelos;
  • queijos e outros laticínios;
  • ostras cruas;
  • óleo de fígado de bacalhau.

Vitamina E

Assim como as outras, a vitamina E tem grande importância. Ela permite, por exemplo, que o útero se desenvolva corretamente. Isso favorece o crescimento do bebê, o que garante uma gravidez saudável. Também é muito relevante para fortalecer o sistema respiratório em formação, o que evita diversos problemas dessa ordem.

O elemento auxilia, ainda, na criação de células do sangue. Isso leva à oxigenação de todas as estruturas, otimizando o desempenho da gestação. Para conseguir os níveis certos, recomendo consumir os seguintes alimentos:

  • espinafre;
  • castanhas e sementes;
  • salmão;
  • azeitona;
  • óleo de gérmen de trigo;
  • brócolis;
  • abacate;
  • kiwi.

Vitamina K

O principal papel da vitamina K é garantir a coagulação do sangue. É graças a ela que as feridas têm a chance de cicatrizar, o que gera maior proteção e conforto.

Na gravidez, ela também é importante, ajudando, por exemplo, a evitar hemorragias no recém-nascido e favorecendo a recuperação do parto. Fortalece, ainda, o cuidado com os ossos e melhora o funcionamento do coração.

Minha indicação é não exagerar e nem pecar na quantidade. Para tanto, vale realizar o consumo moderado de determinados alimentos, como:

  • alface;
  • aspargos;
  • couve;
  • romã;
  • tomate seco;
  • ameixa;
  • rúcula.

Ao conhecer as principais vitaminas para gestantes, é possível garantir um consumo adequado e saudável. Além de tudo, é fundamental realizar o pré-natal e seguir as indicações médicas para ter máxima qualidade de vida!

Para sempre cuidar do seu bem-estar e ser mais feliz, acompanhe estes perfis nas mídias sociais: Facebook, LinkedIn, Instagram.